3 de março de 2008

O Renascer de Maria



Este é a minha terceira incursão pela blogsfera.
Mantive o nome do anterior blog, mas os propósitos são diferentes.
Apeteceu-me começar do zero, deixar o passado no passado, e começar de novo, renascer, como a cobra que abandona a sua pele e por isso apaguei para sempre os blogs anteriores.
Não porque o passado esqueça, não, mas porque agora é outro tempo com direito a ser vivido em toda a sua plenitude.
Não vou salvar o mundo, mas não me limitarei a conformar-me com ele.
Sei que tenho uma missão a cumprir: a de ser Eu!
Ser eu: não há mais ninguém igual a mim!

Vêde bem, isso não é maravilhoso?! Somos ÚNICOS!
Não me limito a ser o produto das influências genéticas, geográficas, culturais... do lugar e do momento em que nasci, e de como fui criada... eu construo-me cada dia, caindo e levantando-me, chorando e rindo!
Tal como Florbela, sempre senti não ser a Poetisa eleita... mas a poesia é a parte mais bonita de mim, faz parte do meu Ser. Não necessito de ser a Eleita! Só preciso de ser eu...

9 comentários:

Anónimo disse...

Maria, fico feliz por te sentir Renascida.
Se necessário for, Renasce todos os dias!
Tu não és mera poetisa, és toda Pura Poesia. Não virás a ser Eleita, porque já Estás Eleita!
Que o teu EU contagie muitas pessoas. Cumprirás melhor a tua missão.
O CORVO

Anónimo disse...

MARIA,um grande BRAVO pela tua sensibilidade,e lucidez!Renascer!Quer dizer,continuar a viver,praticar o bem à nossa valta,pois é tao bom viver com a consciencia tranquila,sentir que nao contribuimos para fazer sofrer alguem.Nao serve de nada correr para a Igreja ao Domingo para pedir perdao pelos pecados cometidos,o mal ja esta feito.Maria és para mim,alem de uma amiga,um grande exemplo de vida e umildade!!!

Anónimo disse...

Fiquei triste quando vi desaparecer a "Plenitude do Encontro", alegrei-me com o nascer de "Maria Lascas", entristeci novamente com o desaparecimento abrupto dos dois.

Pensei que Maria Lascas tinha trocado Vagos por outra terra mas, ontem pela manhã, encontrei-a com seu esposo na estação de Aveiro e voltei a sorrir.

Não nos abandonou e, melhor que tudo, voltou a nascer para a vida da blogosfera, onde faz falta, principalmente numa terra tão carente de cultura e de mulheres com espírito aberto.

Bem vinda
HENRIQUE SAMAGAIO
www.vagosonline.org

Anónimo disse...

Maria...parabéns pelo novo blog e pela vontade de estar sempre a renovar e recomeçar. Beijinhos. J.(o colega do lado)

Vanda C. disse...

Maria
há quanto tempo....renascer é bom. A renovação dos ciclos de ser. Mais uma vez estamos em uníssono. Também renasço eu das cinzas. Estou solidária. Gosto dos teus blogs, virei ler.
Se quiseres : coisasdeamar.blogspot.com
peliculadigitalrevelada.blogspot.com
claroestaescuronemporisso.blogspot.com
este ultimo com convite para participares...se achares interessante.
Beijos Grandes
Vanda

Maria Rosa Alves B .R. disse...

Maria Lascas,sou da mesma terra da menina,irma de uma amiga sua ,sou a mais velha de seis ,,,,,,,chega de tópicos,,,,quem sou eu ?
estava na brincadeira, mas gostei muito do que li do seu blog,,,ao encontrar nao esperava outra coisa, sabia que gostava um grande beijo de amizade.

Lídia disse...

Parabêns pelas coisas bonitas e verdadeiras que escreve. Concordo consigo,todos temos uma missão a cumprir, primeiro de sermos nós próprios, autenticos e verdadeiros, e olharmos para fora e intervir na sociedade, cada vez mais desorganizada e injusta.

Zè disse...

Olà Maria,
como nas cores do sul tambem aqui nao quero ficar anonimo.O segundo comentario è meu,um gande beijo ,José Azinheirinha.

Anónimo disse...

bom comeco